Por que um antivírus gratuito não protege sua empresa

Por que um antivírus gratuito não protege sua empresa

 

É fato que empresas brasileiras não dão a devida importância à segurança da informação. De acordo com um estudo publicado pelo instituto IDC no começo do ano, uma em cada cinco empresas nacionais não usa nenhum tipo de antivírus corporativo para proteger sua estrutura de rede. O pior é que muitas empresas nem pretendem investir em antivírus no próximo ano. Muitas até usam antivírus, mas confiam em soluções gratuitas. É melhor do que nada, claro, mas está longe do ideal.

Antivírus gratuitos são uma espécie de “quebra galho” que pode até funcionar no computador de casa, mas representa um risco a qualquer empresa – podendo colocar qualquer negócio em risco. Hackers estão sempre à espreita, tentando encontrar redes vulneráveis a ataques. Em 2016, mais de 42 milhões de brasileiros foram vítimas de ciberataques – e os prejuízos somam mais de 10 bilhões de reais. 


Qualquer política de segurança é mais eficiente quando se concentra em prevenir ataques, em vez de remediar os efeitos deles. Ter um antivírus confiável e atualizado é a melhor forma de prevenção. Querer economizar demais com prevenção pode acabar custando muito à sua empresa.
Os efeitos de um ciberataque podem ser devastadores. Um estudo conduzido pela consultoria CGI e pela Oxford Economics mostra que empresas que sofrem ataques perdem até 15% do valor de mercado. 


Mesmo as grandes empresas não estão a salvo de ataques. Recentemente, a consultoria contábil Deloitte foi vítima de hackers, que expuseram informações confidenciais de seus principais clientes. O irônico dessa história é que a empresa oferece, entre seus principais serviços, consultoria em segurança da informação.


A Sony sofreu um ataque ainda pior. Em novembro de 2014, hackers expuseram e-mails, dados salariais e históricos médicos de pelo menos 47 mil empregados – entre eles, muitos diretores. Fora os problemas para a imagem da empresa, a Sony ainda teve que desembolsar 8 milhões de dólares para indenizar os funcionários que tiveram as informações expostas.


Se nem os grandes estão a salvo, é certo que pequenas e médias empresas devem se cuidar para não ficarem ainda mais vulneráveis.
Muitos empresários não conhecem os riscos de confiar em soluções domésticas para a rede da empresa. Em primeiro lugar, é preciso saber que as soluções gratuitas não foram desenhadas para computadores em redes mais sofisticadas. Elas são feitas para computadores pessoais, e funcionam como um primeiro contato entre produtor e consumidor. O antivírus gratuito traz apenas as soluções mais básicas de proteção.


Antivírus gratuito não bloqueia ameaças mais recentes


As empresas de tecnologia hoje em dia criam antivírus com diversas camadas – cada uma delas destinadas a proteger um aspecto da sua rede. Optando por um programa gratuito, você terá acesso à camada mais rudimentar. Para qualquer tipo de proteção mais sofisticada, o programa vai lhe orientar a escolher uma das opções pagas. Simples assim.


Saiba de uma coisa: seu antivírus gratuito não é capaz de bloquear as ameaças mais perigosas. Rootkits, bots, keyloggers, hackers e programas de phishing conseguem facilmente burlar a maioria dos programas de proteção gratuitos. 


Essas ameaças são muito piores que os vírus antigos. Os novos programas maliciosos não vão apenas deixar seu computador lento ou inutilizável – podem, também, roubar suas informações bancárias.


De acordo com reportagens do New York Times e do Washington Post, espiões russos usaram falhas em um popular antivírus gratuito (usado por 400 milhões de usuários em todo o mundo) para roubar informações de oficiais americanos durante a campanha eleitoral de 2016.


Se você optar por instalar um firewall (o que é importante) também gratuito, pode gerar problemas de compatibilidade – que vão impactar a performance da sua rede. Ou seja, você vai perder tempo (e dinheiro) para resolver o problema causado por um programa gratuito. Não vale a pena.


Programas gratuitos são majoritariamente reativos. Isso significa que eles começar a agir depois que o seu computador ou rede foi atacado. Dependendo do ataque, pode ser tarde demais. Na verdade, eles oferecem mais uma sensação de segurança que uma proteção verdadeiramente efetiva.


Outro aspecto relevante é o tempo de atualização. Hackers e desenvolvedores vivem em um eterno jogo de gato e rato. Assim que novas ameaças são criadas, empresas de segurança tentam encontrar antídotos rápidos. E isso, como você deve imaginar, requer muito investimento por parte das empresas de segurança da informação. Por esse motivo, as ferramentas mais modernas são disponibilizadas apenas a clientes que compram as soluções. 


De acordo com a Microsoft, os computadores que tinham uma nova atualização do Windows estavam protegidos contra o WannaCry, um vírus que bloqueia os dados de uma rede até que seja pago um “resgate” e afetou mais de 174 países em 2017.


Vantagens de se contratar um antivírus poderoso


Antivírus são considerados a “última barreira” de segurança para uma rede. É preciso, então, que ela seja resistente. Isolando-se de ciberataques, você protege seus investimentos, seu tempo, e informações sigilosas da sua empresa. Veja algumas vantagens que você ganha:

 

  • Mais rapidez e eficiência na detecção de ameaças e ataques;
  • Controle de permissões e bloqueios;
  • Soluções corporativas são mais leves, evitando lentidão dos computadores da sua empresa. Além disso, eles protegem de forma mais abrangente e são menos vulneráveis a falhas humanas;
  • Restrição do uso de dispositivos móveis, como pen drives. Esses dispositivos formam uma das principais portas de entradas para programas maliciosos;
  • Proteção contra fraudes bancárias. O Brasil é um dos países do mundo com maior incidência desse tipo de ataque;
  • Suporte técnico a qualquer momento;
  • Economia de tempo e dinheiro. Como você sabe, prevenir-se de ataques fica, no fim das contas, muito mais barato que tentam recuperar uma rede após a ação de hackers.

 

Siga-nos

       

 

Contato:

 SIA/SUL Trecho 03 Lote 990,  Cobertura - Edifício Itaú

 CEP: 71.200-030 - BRASÍLIA/DF

 +55 (61) 3363-8636

 contato@fasthelp.com.br

Enviar mensagem

Últimas Notícias